Crítica – “Fragmentado”

Outrora comparado a Hithcock e Spielberg, M. Night Shyamalan construiu uma carreira conturbada, no que diz respeito as recepções de público e crítica de seus filmes. Com algumas produções que causaram grande alvoroço, o diretor passou por um período em baixa na indústria. Agora, em Fragmentado (Split), o diretor e roteirista retorna as suas origens …

Crítica- “Power Rangers”

Inspiradas nos tokusatsus japoneses, as inúmeras temporadas de Power Rangers marcaram a programação matinal de toda uma geração que cresceu nos anos 90 e no começo dos anos 2000. De todos os grupos formados, sempre adaptados das temporadas nipônicas com atores ocidentais, a franquia da empresa Saban Entertainment se destacou sobretudo em Mighty Morphin Power Rangers. Desta …

Crítica – “A Bela e A Fera”

Quando em 2014 chegou aos cinemas o filme Malévola, responsável por adaptar com muita originalidade o clássico de A Bela Adormecida, tornou-se claro que a Disney iniciava uma empreitada diferente: as animações consagradas do estúdio viriam as telas em versões live action. Seguida pelo fraco Cinderella (2015) e o primoroso Mogli – O Menino Lobo (The Jungle …

Crítica – “Silêncio”

Quando em 1966 foi publicado no Japão o livro Silêncio, de Shusaku Endo, inúmeras discussões a respeito da incursão cristã na Terra do Sol Nascente foram levantadas. Agora, Martin Scorsese adapta a obra as telas no projeto mais pessoal de sua carreira, depois de anos em desenvolvimento, ancorado no sofrimento de seus personagens para levantar questões reflexivas que …